10dobras-baileia.jpeg

Um espetáculo-oficina para bebés e famílias. 

Uma experiência imersiva no corpo, no som e no movimento.

 

O olhar distraído deixa-se perder num pé, numa dobrinha entre a perna e o tornozelo, no chão e suas texturas. Nasce uma dança, uma mão toca a outra, a voz balbucia um som e espanto-me com aquilo que sai da minha boca boca. Talvez, sejam garatujas sonoras. Depois de muitos sons nasce uma palavra, mas de tão tímida, esconde-se outra vez dentro do próprio corpo. Outros sons aparecem e lá está: a palavra retorna na ponta da língua, cheia de novos contornos… Nasce uma música.

São dez pequeninas dobras, dez poemas em som e movimento que convidam as pessoas de 0 a 3 anos, suas famílias e amigos, num mergulho por dentro do próprio corpo. A palavra pode nascer do gesto que nasce de uma dobra. Na medida em que o corpo se desdobra, a palavra transforma-se em música, em poemas, em movimento. Os artistas-educadores Clara Bevilaqua e Gui Calegari convidam as famílias a embarcar nesta descoberta, experimentar no corpo as atmosferas das palavras que transformam-se em música, das dobras do corpo que encontram a dança. 

 

Uma Oficina-Performance, uma experiência imersiva no corpo e no som, compartilhada entre artistas, bebés e suas famílias.

WhatsApp Image 2021-10-24 at 18.01.44.jpeg